26 de janeiro de 2016

Dé, Tião, Maneco e Claudemir: Eles são grandes, mas a gente é ruim!

Stefania Gola, moveu-se mais do que pode, mais do que deu e fez muito bonito o 2º Festival de Marcha-Rancho do Ó do Borogodó!
Foi Uma beleza!
Paulinha Sanches e Paulinho Timor levaram o caneco com a composição "Aqui, não!"
Fernando Szègeri, levou a prata com "Ranchos dos Ranchos"
Em terceiro lugar, Leandro Medina com "Marcha do Manifesto Carnavalista SP"
Graças à iniciativa de Stefania, a Marcha-Rancho ganha fôlego e novas composições nessa São Paulo com intenções assépticas para seu carnaval de camarotes vips com espaço "beautybeerdj".


Abaixo minha contribuição com muito gosto numa parceria com o mano velho João Poleto e que foi interpretada pela brilhante Juliana Amaral:




Dé, Tião, Maneco e Claudemir: Eles são grandes, mas a gente é ruim!
João Poleto e Douglas Germano


Chega um Clóvis com rocar lá no Bras
Desce fazendo zoeira
Passa um padre de cocar no Tietê
benzendo quem vê, tomando a abrideira
Um pirata chega lá de Calmon
Carregado de instrumentos
Ao celular xinga o Pierrô do Embú
que desatento trouxe só um tan tan.... tan...tan

Dé, Tião, Maneco e Claudemir
Vociferam o Alá lá Oh no vazio Trianon
e o som
reverbera e vem maior dando a impressão
de que já formam bom pelotão

Cada vão outra voz de folião
Fiesp, Masp aumentam o bordão
São mais de 100 na Caixa Federal e então
no Conjunto Nacional
um encontro triunfal
vozes da Augusta vêm juntar-se ao Carnaval

Volta um Clóvis com Tan tan lá pro Bras
maldizendo a quarta-feira
Passa um Padre já bebum no Tietê
xingando quem vê, tomando a saideira
Um Pirata zarpa lá pra Calmon
Dorme sobre a Safira
Enquanto o Pierrô do Embu, já de peito nu
vai pra casa a pé.

*Lina, Levi, Libeskind...
Ecos da arquitetura
nossos herois agradecem
com a frase bordada em seu pavilhão:
Eles são grandes, mas a gente é ruim!





*Lina: Masp, Rino Levi: Fiesp, David Libeskind: Cj. Nacional.

Nenhum comentário: